sábado, 19 de outubro de 2013

"A poesia tá debruçada na janela / Tirando chinfra de quem quer ter um caso com ela"

Porque será ???

Porque será que eu não escrevo mais no meu blog ???
Há tanto não escrevo nem em meu bloquinho de anotações ...
O Feiçibuque roubou espaço da criatividade ???
É mais fácil "curtir", "compartilhar", do que escrever ...
Cento e quarenta caracteres são mais velozes que uma página escrita, é vero ...
Este post é apenas pra recordar quando ficava horas melhorando um texto ...
Tão somente pra meia dúzia de leitores ...
Hoje, nas redes, são milhares ...
Se você sai com um bom pensamento ou uma boa frase, você é retwittado, compartilhado e curtido ...
De que vale ??? Para que serve tanto alarde, tanto barulho ...
Ah, que saudades !!!

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Big Brother Brasil

PS.: Peguei o texto na internet, dizem que é do Veríssimo ... eu não afirmo pq ele é colunista do Zero Hora e do Diário Catarinense, ambas mídias filiadas a rede, aquela ... Mas é um ótimo texto !!!
Que me perdoem os ávidos telespectadores do Big Brother Brasil (BBB), produzido e organizado pela nossa distinta Rede Globo, mas conseguimos chegar ao fundo do poço. [...] Chega a ser difícil encontrar as palavras adequadas para qualificar tamanho atentado à nossa modesta inteligência.
Pergunto-me, por exemplo, como um jornalista, documentarista e escritor como Pedro Bial que, faça-se justiça, cobriu a Queda do Muro de Berlim, se submete a ser apresentador de um programa desse nível. Em um e-mail que recebi há pouco tempo, Bial escreve maravilhosamente bem sobre a perda do humorista Bussunda referindo-se à pena de se morrer tão cedo. Eu gostaria de perguntar se ele não pensa que esse programa é a morte da cultura, de valores e princípios, da moral, da ética e da dignidade.
Outro dia, durante o intervalo de uma programação da Globo, um outro repórter acéfalo do BBB disse que, para ganhar o prêmio de um milhão e meio de reais, um Big Brother tem um caminho árduo pela frente, chamando-os de heróis. Caminho árduo? Heróis? São esses nossos exemplos de heróis? Caminho árduo para mim é aquele percorrido por milhões de brasileiros, profissionais da saúde, professores da rede pública (aliás, todos os professores) , carteiros, lixeiros e tantos outros trabalhadores incansáveis que, diariamente, passam horas exercendo suas funções com dedicação, competência e amor e quase sempre são mal remunerados.
Heróis são milhares de brasileiros que sequer tem um prato de comida por dia e um colchão decente para dormir, e conseguem sobreviver a isso todo santo dia. Heróis são crianças e adultos que lutam contra doenças complicadíssimas porque não tiveram chance de ter uma vida mais saudável e digna. Heróis são inúmeras pessoas, entidades sociais e beneficentes, ONGs, voluntários, igrejas e hospitais que se dedicam ao cuidado de carentes, doentes e necessitados (vamos lembrar de nossa eterna heroína Zilda Arns). Heróis são aqueles que, apesar de ganharem um salário mínimo, pagam suas contas, restando apenas dezesseis reais para alimentação, como mostrado em outra reportagem apresentada meses atrás pela própria Rede Globo.
O Big Brother Brasil não é um programa cultural, nem educativo, não acrescenta informações e conhecimentos intelectuais aos telespectadores, nem aos participantes, e não há qualquer outro estímulo como, por exemplo, o incentivo ao esporte, à música, à criatividade ou ao ensino de conceitos como valor, ética, trabalho e moral. São apenas pessoas que se prestam a comer, beber, tomar sol, fofocar, dormir e agir estupidamente para que, ao final do programa, o “escolhido” receba um milhão e meio de reais. E ai vem algum psicólogo de vanguarda e me diz que o BBB ajuda a “entender o comportamento humano”. Ah, tenha dó!!!
Veja o que está por de tra$$$ do BBB: José Neumani da Rádio Jovem Pan, fez um cálculo de que se vinte e nove milhões de pessoas ligarem a cada paredão, com o custo da ligação a trinta centavos, a Rede Globo e a Telefônica arrecadam oito milhões e setecentos mil reais. Eu vou repetir: oito milhões e setecentos mil reais a cada paredão. Já imaginaram quanto poderia ser feito com essa quantia se fosse dedicada a programas de inclusão social, moradia, alimentação, ensino e saúde de muitos brasileiros? (Poderia ser feito mais de 520 casas populares; ou comprar mais de 5.000 computadores). Essas palavras não são de revolta ou protesto, mas de vergonha e indignação, por ver tamanha aberração ter milhões de telespectadores.
Em vez de assistir ao BBB, que tal ler um livro, um poema de Mário Quintana ou de Neruda ou qualquer outra coisa…, ir ao cinema…, estudar… , ouvir boa música…, cuidar das flores e jardins… , telefonar para um amigo… , visitar os avós… , pescar…, brincar com as crianças… , namorar… ou simplesmente dormir. Assistir ao BBB é ajudar a Globo a ganhar rios de dinheiro e destruir o que ainda resta dos valores sobre os quais foi construído nossa sociedade.
Artigo escrito por Luís Fernando Veríssimo


domingo, 16 de outubro de 2011

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Desabafo ...

Desabafo de Ricardo Gondim na voz de Ed René Kivitz ... http://www.youtube.com/watch?v=37BLVUbrNsk

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Eu canto o amor ...


Ao grito que não saiu / Ao sino que não soou / 
'A vida que se partiu/Ao filho que não voltou /
Eu canto o amor / Eu vou cantar o amor.

Ao prego que te feriu / E ao vento que não soprou / 
'A folha que hoje caiu / Ao verso que incomodou / 
Eu canto o amor / Eu vou cantar o amor.

'A ferida que se abriu / E o tempo não cicatrizou / 
'A mãe que não lhe pariu / E o berço não embalou /
Eu canto o amor / Eu vou cantar o amor.


Eu canto o amor por todos os lados / 
De todas as formas
Celebro a vida / Sentindo a brisa / 
Andando descalço
Solto a voz / Olhando pro céu / 
Pois é de lá / Que vem a minha paz. 



terça-feira, 21 de junho de 2011

V Sarau Facamolada

Uma pequena mostra do que foi o V Sarau Facamolada em Blumenau ... Valeu Tuco Egg da http://atrilha.blogspot.com/ e todos que ajudaram e participaram.

Micro-twitt-prosa II

Anoiteceu (@marcioribeiro75)
E a lua nem apareceu (@pirlimpimpimm)
Deixou os meus olhos na mão (@marcioribeiro75)
Foi culpa da chuva, coisa de quem não tem coração (@pirlimpimpimm)
mas se a chuva viesse meus olhos ficariam em água-mas (@marcioribeiro75)
Agora é tarde, ela já veio disfarçar tuas mágoas.(@pirlimpimpimm)

segunda-feira, 20 de junho de 2011

A Era da Correria - George Carlin



"Nós bebemos demais, gastamos sem critérios. Dirigimos rápido demais, ficamos acordados até muito mais tarde, acordamos muito cansados, lemos muito pouco, assistimos TV demais e raramente estamos com Deus. Multiplicamos nossos bens, mas reduzimos nossos valores. Nós falamos demais, amamos raramente, odiamos frequentemente. Aprendemos a sobreviver, mas não a viver; adicionamos anos à nossa vida e não vida aos nossos anos. Fomos e voltamos à Lua, mas temos dificuldade em cruzar a rua e encontrar um novo vizinho. Conquistamos o espaço, mas não o nosso próprio. Fizemos muitas coisas maiores, mas pouquíssimas melhores. Limpamos o ar, mas poluímos a alma; dominamos o átomo, mas não nosso preconceito; escrevemos mais, mas aprendemos menos; planejamos mais, mas realizamos menos. Aprendemos a nos apressar e não, a esperar. Construímos mais computadores para armazenar mais informação, produzir mais cópias do que nunca, mas nos comunicamos cada vez menos. Estamos na era do 'fast-food' e da digestão lenta; do homem grande, de caráter pequeno; lucros acentuados e relações vazias. Essa é a era de dois empregos, vários divórcios, casas chiques e lares despedaçados. Essa é a era das viagens rápidas, fraldas e moral descartáveis, das rapidinhas, dos cérebros ocos e das pílulas 'mágicas'. Um momento de muita coisa na vitrine e muito pouco na dispensa. Uma era que leva esta carta a você e uma era que te permite dividir essa reflexão ou simplismente clicar 'delete'. Lembre-se de passar tempo com as pessoas que ama, pois elas não estarão aqui para sempre. Lembre-se de dar um abraço carinhoso em seus pais, num amigo, pois não lhe custa um centavo se quer. Lembre-se de dizer 'eu te amo' à sua companheira(o) e ás pessoas que ama, mas em primeiro lugar, se ame... se ame muito. Um beijo e um abraço curam a dor, quando vem de lá de dentro. Por isso valorize sua família e as pessoas que estão ao seu lado, sempre."

Pensemos ... Abraç(o________

Uma micro-twitt-prosa

Uma cadeira, uma chaleira / Uma cuia e um olhar no horizonte / Privilégio é estar cercado de montes / Mateando a vida, o ar e a lida. (@marcioribeiro75)

Sê bem vindo! Te aprochega que o cusco é manso, o fogão de lenha, a bóia campeira e o mate é de cara alegre, (@domisidro)

Olha que a oferta é boa / o mate é amargo / e a comida nem me fale / vamo mateando e twittando / quem sabe uma parceria / Pois aqui é o que realmente vale. (@marcioribeiro75)

quarta-feira, 15 de junho de 2011


Minha terra tem pinhão, onde grita gralha azul
O frio sempre é forte, nem quero ir pro norte
Vou pisando este chão e amando este Sul.
Posted by Picasa

sexta-feira, 3 de junho de 2011

A sedução esperada

Eu já estava deitado na cama em dia de semana,
Lutando com minhas prosas e vendendo a mim mesmo meus versos
Foi como uma surpresa, sem fazer alardes ela me olhou de lado
E como quem faz charme pulou nos meus braços.

Fazia tempo que não a via, e não havia maneira de vê-la,
Pois, sem tê-la por perto, como tocá-la ou como imaginá-la

Ela adentrou coberta abaixo e me cobriu de amassos,
Disse coisas bonitas, a me afagou em seus braços,
Senti-me seduzido, rendido, vitimei o meu ouvido,
Ouvindo sussurros tão desejados.

E depois à meia-luz nos envolvemos de fato
Aquilo que o romancista sabe bem do que falo
Entre laços e voltas, carícias e delírios
Tramas, deslizes e fetiches,
Ela me amou. E logo se foi...

Volte logo amada inspiração, te espero com paixão
Compreendo seus sumiços, mas não me deixe na mão,
Sei que a pena só não basta, preciso transpirar,
E só tu sabes como ninguém a causa de amar.
Bendita, esperada e inspirada.
Inspiração.

terça-feira, 24 de maio de 2011

sexta-feira, 6 de maio de 2011

Mães ...


Se não fossem elas, quem seria a nos afagar?
Se não fossem elas, a nos amparar quem faria?
Quem seria a nos orientar, como bússolas nesse imenso mar?
Quem teceria com tanto fervor essa arte chamada vida?
Somente a mãe, que sabe como ninguém me acalmar.

Somente Deus a causa desta flor, que com dor concede a prole,
Somente a mãe, que com amor me viu nú e me vestiu,
Sedento e por instinto me deu de mamar
A mãe, que tem por sobrenome amar
Essa qual, sempre irei recordar

"Homenagem principalmente para a minha mãe, que tem nome de flor e exala o perfume tal e qual !!! 
Floriza !!! Te amo mãe" !!!

Pascoa ...

quinta-feira, 28 de abril de 2011

quinta-feira, 14 de abril de 2011

Juízo Final - Nelson Cavaquinho (1973)





O sol....há de brilhar mais uma vez
A luz....há de chegar aos corações
Do mal....será queimada a semente
O amor...será eterno novamente
É o Juízo Final, a história do bem e do mal
Quero ter olhos pra ver, a maldade desaparecer

O amor...será eterno novamente

terça-feira, 29 de março de 2011

terça-feira, 22 de março de 2011

A Canção Que Chegou - Cida Moreira




A Canção Que Chegou
Cida Moreira
De: Cartola e Nuno Veloso

Na manhã que nascia encontrei
O que na noite tardia desejei
E vou feliz a cantar por aí
Assim...
Toda tristeza que havia
Agora expulsei
Com a canção que chegou
E vou cantando alegre
A felicidade que Jesus mandou
Lembro dos tempos de outrora
Que quase me roubam
A esperança e a fé
E hoje me volto contente
Cantando pra Deus
Que tanto me ajudou
Não vou culpar os amigos
Fingidos que outrora eu tive
Na vida
Nem vou dizer
Que a razão do fracasso
Se prende a batalhas perdidas
E confiante despeço-me
Todo feliz a cantar
Agradecido ao bom Senhor
Por me ajudar

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

O futuro nosso de cada dia


Olhando para o desconhecido, estou sempre impressionado,
Envolto em uma capa que construi só para o passado,
Que não me protege nem quando olho para o lado.

Ah que bom seria proteger-me do que vem,
Tateando no escuro não vejo o que tem,
Nem sei se estendo a mão, ou me fecho, pois convém.

Fujo, tento me esquivar, mas sempre estou a olhar,
Esse imenso feito mar, vendo sempre o nascer,
Mas quero correr, pois não posso nas mãos ter.

Não, não nos dê hoje o futuro nosso de cada dia
Pois certo seria, que um tropeço assim viria
E preparado, certamente não estaria.

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Ouro Preto foi marcante ...

Nossa visita a Ouro Preto - MG foi marcante ... vimos muita arte e expressões diversas ... em especial conhecemos um artista plástico que foi realmente inspirador ... tecnica, experiencia, visão e muito mais ... ele é Naldo Navajas ... um baita artista !!! Aqui uma de suas obras, que hoje com muito orgulho está na minha singela parede ... adornando a sala da minha casa !!!
Segue seu blog para os apreciadores ...  http://naldonavajas.blogspot.com/

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Retiro Jovem ...

Esse foi "O retiro" - Parabens ao pessoal da organização ... todos que ajudaram ... e principalmente você que foi e acreditou !!! Valewwwwwwwwwwwwwwwwwww Galera ...

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Essa criaturinha cruzou meu caminho esses dias ...


E eu aproveitei ... Clique para ampliar ...
Posted by Picasa

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

II Encontro de Casais - Comunicação & Sexualidade

Palestras, livraria, cartões, sorteios e muito chimarrão ... Você é nosso convidado !!!

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Modelos ...


“O grande consolo é que pior do que um modelo com falhas é a ausência de um modelo. Infelizmente, isso está ocorrendo frequentemente na modernidade. Muitos jovens estão crescendo órfãos de pais vivo. Os pais e professores, as vezes, são pessoas excelentes, mas, como estudaremos, os jovens, pelo fato de possuírem a síndrome do pensamento acelerado (SPA), são tão ansiosos que não se concentram em seus modelos, não os admiram, não os fotografam.
Eles aprendem informações lógicas, regras da linguagens, regras sociais, enfim, experiências objetivas, mas não experiências que precisam de milhares de imagens mentais para serem elaborates, tais como a capacidade de se colocar no lugar dos outros, a tolerância, a serenidade, a sabedoria. Essa é uma das mais importantes causas da falência da educação nas sociedades modernas. Embora haja exceções, o egoísmo, o individualismo, a ansiedade e o consumismo fazem parte da juventude mundial.
A vida é um eterno aprendizado. Sempre precisamos aprender com os outros, observar pessoas com ricas histórias para escrevermos nossa história.” CURY,Augusto. Editora Academia - Pg.24,25

sexta-feira, 18 de junho de 2010

É assim ...


As gotas de chuva deslizam sob as folhas do mamoeiro carregado de frutos ...
As curruiras passeam pelo quintal a procura de pequenos insetos ...
Um homem está diante do computador tentando ... fazer o que ???

sexta-feira, 16 de abril de 2010

Beija a flor Beija-Flor


Certa feita um beija-flor vivia sem flor
Desde os pampas procurava tal amor
Entre idas e vindas sobrevoou Santa Catarina
Sem nem sequer encontrar a flor-menina

Contra o vento bateu asas
E quase cansado fatigou
Sem esperança mudou de estado
Antes porém em Araucárias procurou
Sem ver a flor que merecesse seu amor

Mas eis que de repente sopra um vento diferente
E do velho continente surge a flor tão esperada !!!
Como Jasmin, o seu cheiro haveria de vir
Beija-flor agora entende o Criador !!!

Jeysan beija a flor, Jasmin derrama seu licor
Sobre a vida deste que te beija
Beija-flor, cuida da flor
Pois Jasmin é flor de perfume raro !!!
Mas claro, mas claro que eu não podia esquecer:
- Beija-flor, beija agora tua Flor !!!

sábado, 20 de março de 2010

Um trator em minha tarde





Missão cumprida! Eu estava guardando as minhas ferramentas depois de ter colocado algumas cortinas em um apartamento de um simpático casal na Avenida Beira-mar Norte. O pequeno filho do casal havia encontrado em minha caixa de ferramentas um verdadeiro “parque de diversões”; então, eu com cautela decidi guardar as ferramentas usando a sacada do belo apartamento e aproveitar um momento de contemplação diante da imensa e magnífica paisagem da baía norte de Florianópolis.
De repente os meus olhos foram surpreendidos; uma cena no mínimo incomum, avisto um grande e imponente trator circulando nas vias rápidas da avenida, onde os seus primos, os carros, andam a 80 km/h. Lá estava ele, desfilando suas prováveis três toneladas como um pesado bailarino nas ruas velozes da capital. Rapidamente me perguntei: - O que faz um trator na avenida mais bela e mais rápida da cidade? Resolvi usar minha livre e criativa imaginação. Ele poderia com toda a força estar abrindo valas no asfalto com um potente arado e voluntários caminhando atrás, lançando sementes, muitas sementes. Sementes de paz, sementes de justiça, de ordem, sementes de amor e respeito! Ali mesmo naquele lugar, onde a dias atrás havia sido palco de uma cena de cinema, tiros e correria. Mas como num passe, fora chamado a pegar minha caixa, descer pelo elevador, funcionar meu carro e sair a 80 km/h, tomando o devido cuidado com assaltos a luz do dia, abusos e violência. A tendência é melhorar?

quinta-feira, 18 de março de 2010

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

"Tempo pra perder"









segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Natal ...

Homenagem a Jesus ... "O aniversariante" !!!

terça-feira, 8 de setembro de 2009

Por onde andas oh meu Cristo?


Por onde andas oh meu Cristo?

Digo meu, mas no vero sou eu, que sou Teu.

Por onde andas oh meu Cristo?

Se em meio ao tumulto da multidão,

Tu me pareces mais como amuleto da religião.

Por onde andas oh meu Cristo?

Se pelos vitrais da minh’ama,

O que vejo são apenas escritos!

Por onde andas oh meu Cristo?

Se a saudade me aprisiona entre falácias,

Do firme desepero, de homens que afirmam tua posse,

Eles não sabem que de posse sou pobre, mas de anseios sou rico

Por onde ando oh meu Cristo?

Se não sei o que sei e espero saber um dia.

Valente diante dos homens e homem frágil diante de Ti.

Por onde ando oh meu Cristo?

Na certeza de te querer e na dúvida de te conhecer?

Certamente o pranto é o melhor canto,

Por esses lados onde não te encontro!

Melhor mesmo seria te encontrar toda manhã,

Dizer-Te bom dia, cevar o mate e ouvir-Te falar.

Te espero oh meu Cristo!

Invisto tempo, pois avisto tua face,

Mesmo sem vê-lo, sou todo Teu.

Recebe essa prosa como paixão,

Pois para Ti é todo este apelo

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Ela nasceu !!!


A menininha mais paparicada do ano nasceu !!!
A Heloisa ... minha afilhada !!! A mascote da turma !!!
Parabéns Beto e Adri pelo presente de Deus !!!

Abraç(o____________
Posted by Picasa

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Ah Heloísa !!!


Ah Heloisa, nem sabes o quanto serás feliz
O quanto tens para aprender e ouvir
De teus pais, que hoje conheces a simples voz
Mas breve saberás, não só de nós
Mas de todos que o cercam,
Quem de fato eles são
E o quanto desejaram tê-la
O quanto desejam amá-la e de maneira sabia educá-la

Vem pra luz, pois aqui fora a torcida é grande
Não só no instante em que irromper na aurora
Mas por todos os teus dias aqui neste chão
Te esperamos com emoção, pois de ti só sabemos o nome
Nós queremos ver teu rostinho
Emprestar nossos braços pro teu alento
E de um jeito bem especial
Dizer-te que és bem vinda!!!

Pois sabemos que és linda,
Imagine quando você estiver a caminhar
Seus primeiros passinhos alguém irá filmar
Pra jamais esquecer de como começou,
Mas certamente estaremos presentes nas quedas
Mas também te ajudaremos levantar
Heloísa venha de uma vez, trazer alegria pra toda a família
E aos amigos que aqui vieram, fazer parte nesta partilha!!!

* Rima feita para o chá de bebê da Heloísa ... essa pequena que chega por essa semana ... esperamos com amor !!!

terça-feira, 30 de junho de 2009

Foi Deus ... que fez você ...




Foi Deus que fez o céu, o rancho das estrelas
Fez também o seresteiro para conversar com elas
Fez a lua que prateia minha estrada de sorrisos
E a serpente que expulsou mais de um milhão do paraíso
Foi Deus quem fez você
Foi Deus que fez o amor
Fez nascer a eternidade num momento de carinho
Fez até o anonimato dos afetos escondidos
E a saudade dos amores que já foram destruídos
Foi Deus
Foi Deus que fez o vento
Que sopra os teus cabelos
Foi Deus quem fez o orvalho
Que molha o teu olhar, teu olhar
Foi Deus que fez as noites
E o violão planjente
Foi Deus que fez a gente
Somente para amar, só para amar

segunda-feira, 29 de junho de 2009

Eterna discussão ...


Fato ocorrido em 1892, verdadeiro e integrante de biografia:

Um senhor de 70 anos viajava de trem, tendo, ao lado, um jovem universitário que lia um livro de ciências. O senhor, por sua vez, lia um livro de capa preta. O jovem percebeu que se tratava da Bíblia, aberta no livro de Marcos.

Sem muita cerimônia, o jovem interrompeu a leitura do velho e perguntou: “O senhor ainda acredita nesse livro cheio de fábulas e crendices?”.

“Sim, mas não é um livro de crendices. É a Palavra de Deus. Estou errado?”

“Mas é claro que está! Creio que o senhor deveria estudar a História Universal. Veria que a Revolução Francesa, ocorrida há mais de cem anos, mostrou a miopia da religião. Somente pessoas sem cultura ainda crêem que Deus tenha criado o mundo em seis dias. O senhor deveria conhecer um pouco mais sobre o que os nossos cientistas pensam e dizem sobre isso.”

“É mesmo? E o que pensam e dizem os nossos cientistas sobre a Bíblia?”

“Bem, respondeu o universitário, como vou descer na próxima estação, falta-me tempo agora, mas deixe o seu cartão, que eu lhe enviarei o material pelo correio com urgência.”

O velho então cuidadosamente abriu o bolso interno do paletó e deu o seu cartão ao universitário.
Quando o jovem o leu, saiu cabisbaixo sentindo-se pior que uma ameba.

No cartão estava escrito: “Professor Dr. Louis Pasteur, Diretor Geral do Instituto de Pesquisas Científicas da Universidade Nacional da França.”

“Um pouco de ciência nos afasta de Deus. Muito, nos aproxima,”
Louis Pasteur.
"Gentilmente surrupiado do perfil da Natasha"