sexta-feira, 6 de maio de 2011

Mães ...


Se não fossem elas, quem seria a nos afagar?
Se não fossem elas, a nos amparar quem faria?
Quem seria a nos orientar, como bússolas nesse imenso mar?
Quem teceria com tanto fervor essa arte chamada vida?
Somente a mãe, que sabe como ninguém me acalmar.

Somente Deus a causa desta flor, que com dor concede a prole,
Somente a mãe, que com amor me viu nú e me vestiu,
Sedento e por instinto me deu de mamar
A mãe, que tem por sobrenome amar
Essa qual, sempre irei recordar

"Homenagem principalmente para a minha mãe, que tem nome de flor e exala o perfume tal e qual !!! 
Floriza !!! Te amo mãe" !!!

2 comentários:

Christian disse...

Lindo tio Márcio!! Belas palavras!

Marcio disse...

Valew Chris !!!