segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Natal ...

Homenagem a Jesus ... "O aniversariante" !!! video

terça-feira, 8 de setembro de 2009

Por onde andas oh meu Cristo?


Por onde andas oh meu Cristo?

Digo meu, mas no vero sou eu, que sou Teu.

Por onde andas oh meu Cristo?

Se em meio ao tumulto da multidão,

Tu me pareces mais como amuleto da religião.

Por onde andas oh meu Cristo?

Se pelos vitrais da minh’ama,

O que vejo são apenas escritos!

Por onde andas oh meu Cristo?

Se a saudade me aprisiona entre falácias,

Do firme desepero, de homens que afirmam tua posse,

Eles não sabem que de posse sou pobre, mas de anseios sou rico

Por onde ando oh meu Cristo?

Se não sei o que sei e espero saber um dia.

Valente diante dos homens e homem frágil diante de Ti.

Por onde ando oh meu Cristo?

Na certeza de te querer e na dúvida de te conhecer?

Certamente o pranto é o melhor canto,

Por esses lados onde não te encontro!

Melhor mesmo seria te encontrar toda manhã,

Dizer-Te bom dia, cevar o mate e ouvir-Te falar.

Te espero oh meu Cristo!

Invisto tempo, pois avisto tua face,

Mesmo sem vê-lo, sou todo Teu.

Recebe essa prosa como paixão,

Pois para Ti é todo este apelo

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Ela nasceu !!!


A menininha mais paparicada do ano nasceu !!!
A Heloisa ... minha afilhada !!! A mascote da turma !!!
Parabéns Beto e Adri pelo presente de Deus !!!

Abraç(o____________
Posted by Picasa

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Ah Heloísa !!!


Ah Heloisa, nem sabes o quanto serás feliz
O quanto tens para aprender e ouvir
De teus pais, que hoje conheces a simples voz
Mas breve saberás, não só de nós
Mas de todos que o cercam,
Quem de fato eles são
E o quanto desejaram tê-la
O quanto desejam amá-la e de maneira sabia educá-la

Vem pra luz, pois aqui fora a torcida é grande
Não só no instante em que irromper na aurora
Mas por todos os teus dias aqui neste chão
Te esperamos com emoção, pois de ti só sabemos o nome
Nós queremos ver teu rostinho
Emprestar nossos braços pro teu alento
E de um jeito bem especial
Dizer-te que és bem vinda!!!

Pois sabemos que és linda,
Imagine quando você estiver a caminhar
Seus primeiros passinhos alguém irá filmar
Pra jamais esquecer de como começou,
Mas certamente estaremos presentes nas quedas
Mas também te ajudaremos levantar
Heloísa venha de uma vez, trazer alegria pra toda a família
E aos amigos que aqui vieram, fazer parte nesta partilha!!!

* Rima feita para o chá de bebê da Heloísa ... essa pequena que chega por essa semana ... esperamos com amor !!!

terça-feira, 30 de junho de 2009

Foi Deus ... que fez você ...



video

Foi Deus que fez o céu, o rancho das estrelas
Fez também o seresteiro para conversar com elas
Fez a lua que prateia minha estrada de sorrisos
E a serpente que expulsou mais de um milhão do paraíso
Foi Deus quem fez você
Foi Deus que fez o amor
Fez nascer a eternidade num momento de carinho
Fez até o anonimato dos afetos escondidos
E a saudade dos amores que já foram destruídos
Foi Deus
Foi Deus que fez o vento
Que sopra os teus cabelos
Foi Deus quem fez o orvalho
Que molha o teu olhar, teu olhar
Foi Deus que fez as noites
E o violão planjente
Foi Deus que fez a gente
Somente para amar, só para amar

segunda-feira, 29 de junho de 2009

Eterna discussão ...


Fato ocorrido em 1892, verdadeiro e integrante de biografia:

Um senhor de 70 anos viajava de trem, tendo, ao lado, um jovem universitário que lia um livro de ciências. O senhor, por sua vez, lia um livro de capa preta. O jovem percebeu que se tratava da Bíblia, aberta no livro de Marcos.

Sem muita cerimônia, o jovem interrompeu a leitura do velho e perguntou: “O senhor ainda acredita nesse livro cheio de fábulas e crendices?”.

“Sim, mas não é um livro de crendices. É a Palavra de Deus. Estou errado?”

“Mas é claro que está! Creio que o senhor deveria estudar a História Universal. Veria que a Revolução Francesa, ocorrida há mais de cem anos, mostrou a miopia da religião. Somente pessoas sem cultura ainda crêem que Deus tenha criado o mundo em seis dias. O senhor deveria conhecer um pouco mais sobre o que os nossos cientistas pensam e dizem sobre isso.”

“É mesmo? E o que pensam e dizem os nossos cientistas sobre a Bíblia?”

“Bem, respondeu o universitário, como vou descer na próxima estação, falta-me tempo agora, mas deixe o seu cartão, que eu lhe enviarei o material pelo correio com urgência.”

O velho então cuidadosamente abriu o bolso interno do paletó e deu o seu cartão ao universitário.
Quando o jovem o leu, saiu cabisbaixo sentindo-se pior que uma ameba.

No cartão estava escrito: “Professor Dr. Louis Pasteur, Diretor Geral do Instituto de Pesquisas Científicas da Universidade Nacional da França.”

“Um pouco de ciência nos afasta de Deus. Muito, nos aproxima,”
Louis Pasteur.
"Gentilmente surrupiado do perfil da Natasha"

terça-feira, 19 de maio de 2009

"Nas encostas da manhã"


Quem sabe essa manhã, tomei o meu último chimarrão,
... " ... , passei os olhos sobre o ultimo livro,
... " ... , beijei a morena como ultima paixão,
... " ... , dei o último suspiro pensando que estou vivo.

Mas se estamos vivos, quem o sabe? O amanhã tem a resposta?

Mas não nesta manhã, saberei os mistérios do céu e da terra,
... " ... , resolverei os conflitos do ego,
... " ... , concluirei que tudo se encerra,
... " ... , descerei da cruz por ter caído da minha mão um prego.

Já, mas ainda não ... pois o sol ainda está por nascer,

Quem sabe amanhã, eu aprenda algo diferente,
... " ... , eu ame mais o meu próximo,
... " ... , eu reescreva um poema e amando, o reinvente,
... " ... , eu viva mais perto de Ti oh Altíssimo...

sexta-feira, 1 de maio de 2009

O Abraço ...


O matuto falava tão calmamente, que parecia medir, analisar e meditar sobre cada palavra que dizia ... 
- É ... das invenção dos homi, a que  mais tem sintido é o abraço.

Quando  ocê tá danado de sodade, o abraço de arguém ti alivia ...

Quandu ocê tá cum muita reiva, vem um, te abraça e ocê fica até sem graça de continuá cum reiva ...

Si arguém tá duente, quandu ocê abraça ele, ele cumeça a miorá, i ocê miora junto tamém ... 

Quandu ocê abraça arguém, fais massarge no coração ...

I o coração do ôtro é massargiado tamém!


domingo, 26 de abril de 2009

Pensante Alegro ...















Momento mágico, momento de reflexão
Quão bom, infinitamente mergulhado no ser,
Algemado pela busca do conhecer,
Quase me rendendo na sedução do saber,
Saber? Para que o saber?
Será a descoberta a melhor descoberta?
Ou existe algo mais que ainda não deixou ser descoberto?
É a eterna busca do desconhecido,
Aquele que não se apresentou ainda,
Que ainda permanece velado, e respeita-me calado,
Porque estou celado, sou objeto dessa ilusão que chamam vida;
Busco o desconhecido sem nunca saber, nem se quer o rumo desta trilha.
Os bombardeios urbanos se deleitam no âmago do pensamento, difícil fugir!
Resistir até o final, grande é o sinal!
Bandeira de resistência, pois na essência somos todos filhos desta ira!

sábado, 11 de abril de 2009

Barro santo em mãos impuras, ou mãos santas em barro impuro ???








Essa é a lida, vida que se espalha pelos cantos desta terra,
Que se esvai ao mesmo tempo que chega ... depressa desaparece !!!
Essa é a lida, vezes covarde contra nós, desesperados homens ... covardes, fortes e fracos ...
Grandes e pequenos a despeito do espiritual ... da negação do eu ...
Eu quero e você quer ? Imagem e semelhança dos que imitaram o meu Cristo, Francisco, simples ...
Eternizado quanto morto, ressuscitado em mãos santas, por barro impuro, feito gente, feito pau, feito barro, que ao barro torna, pó, silêncio.

quinta-feira, 9 de abril de 2009

Na prisão com versos ...


Quando consigo ser eu, já não sou.
És Tu, Eterno em meu querer,
Quando de longe me vejo, no sujo ser que pareço,
Pereço, pois sou e não sou,
Mesmo querendo fugir do apreço do ego.

Refém dos versos, submerso na paisagem da vida,
Tenho minha lida, desejada e perseguida,
Buscar e encontrar-te são desejos infindos,
Refletir sobre teu rosto, fugir do oposto,
Navegar em mares conhecidos, pleitear e ser adorno.

Essa é a busca que de manso vou almejando,
Desejando no seio da tua promessa,
O reencontro, por mais feito teatro,
Sou desejo e sou fraco, embebido no teu abraço,
Nem por isso desisto da lida dos meus traços.

Quero aquietar-me e no devaneio deste mundo
Ir ao profundo de meu ser, pois lá certamente te encontrarei.

quarta-feira, 11 de março de 2009

Familia :)

 



Familia ...
Ilha de sentimentos, prontos, as vezes em construção...
Fagulha das idéias, colméias que juntos vivemos ...
Nascemos, convivemos e sempre nos amamos, pois ...
... Viajamos, juntos, nem sempre pelos ares ...
Das vezes por terra ... mas sempre contamos histórias ...
... Belas, singelas, como a flor no dia de primavera ...
Elas, na minha vida, são belas, são elas, delas, mas minhas ...
Flores do meu jardim ...
Familia ...
Posted by Picasa

segunda-feira, 9 de março de 2009

Poema ao amigo Beto




Versando meus causos, nas rimas do dia,
Letrando poemas, com grande euforia.
Assim se fez, este elo fraterno,
Um amor bem sincero, daqueles que só o Eterno,
Pode inspirar, confirmar e afirmar.

Nas andanças deste século encontrei-te oh Alberto,
Sempre presente, para mim e para tantos,
Com serventia de berço e valentia nos bolsos,
Transborda atenção sem cobrar nenhum tustão.

Tu és do modelo antigo, aquele que hoje está esquecido,
Mais do que amigo, é também abrigo.
Desde os cães, até o ser mais querido,
Alvo de teu coração, herança da criação,
Que de Sônia e Alberto, nasceu o pequeno Beto.

Hoje se defende como pode, mas jamais sem antes saber,
Do que se trata o referido, vez em sempre nunca corre.
É assim que te vejo, homem feito e amigo fiel,
Grande irmão nesta andança, te desejo uma esperança,
Que tu possas repousar em Cristo, crendo na eterna Estância.

E agora para alegrar-te ainda mais, deixo um verso nesta trova,
Pra você que como pai, logo se realiza,
Também para a mamãe e brevemente para a Heloísa!!!


Seus amigos Marcio, Lessa e Lara

segunda-feira, 2 de março de 2009

Poema ao amigo Orlei


Grande amigo, grande vivente,
Que ainda crê piamente,
NAquele que vive e reina eternamente,

Este é o Orlei, que não vive debaixo da Lei,
Mas agora desfila com graça, na graça;
Graça que é de graça, mas não é barata;
Graça que cobre, mas não encobre,

Pois já não tem motivos pra fugir,
Mas sim reluzir, feito lampião nestes trechos,
Que escondem segredos, mas que em meio ao folguedo,
Vive, trabalha e ainda cuida das crias,
Feito rebento que novo, quer por certo crescer,

E nas horas de paixão, tem ainda a morena,
Aquela dos seus sonhos, bem no tipo campeira,
- Que mais tu queres homem feito?
Tem a vida como que por direito,
Herança querida do Pai lá do céu.

Que de antemão te viu e por certo escolheu,
Para ser grande amigo, daqueles que o deu!
Dos quais sou o primeiro, que venho faceiro,
Escrever-te em prosa, bem como prova,
O valor que tu tens, nosso grande amigo Orlei!

quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

A culpa é deles !!!

 

Tudo que sou ... como homem ... tudo que sou como marido ... como pai ... vem desses dois ... apesar de mim, Deus usou a vida deles de uma maneira tremenda pra me aperfeiçoar ... Agradeço aos meus pais, responsáveis pelos princípios que me ensinaram, os quais sou ainda refém dos tais !!! Deus os acompanhe nestes dias frios na capital de todos os paranaenses ... Amo ...
Posted by Picasa